Corpo de mulher é encontrado às margens da BR-262 em Campo Grande

Polícia acredita em suicídio, mas caso será investigado
O corpo de Maria Flores, de 47 anos, foi encontrado por volta das 5 horas desta sexta-feira (19), às margens da rodovia BR-262, na saída para Sidrolândia, em Campo Grande. O corpo da mulher apresentava diversos cortes. A polícia acredita em suposto suicídio.
Segundo informações da Polícia Civil, um grupo de amigos tiveram um problema no carro em que viajavam quando pararam no acostamento da BR-262. Em dado momento, o grupo percebeu que havia um carro parado do outro lado da margem.
Assim que se aproximaram, as luzes de outros veículos que passavam pela rodovia revelaram o corpo de uma mulher caído às margens. O grupo então, acionou a polícia que foi ao local.
A Polícia Civil ainda informou que próximo ao corpo, havia uma garrafa de vinho e dentro do carro diversos medicamentos. Além disso, o corpo apresenta diversos cortes. Marcas de sangue também foram encontradas no local.
A suspeita é que a mulher tenha cometido suicídio, mas o caso será tratado como morte a esclarecer e será registrado na Depac Piratininga.
Valorização da vida
O suicídio representa uma parcela expressiva do número de óbitos registrados no Brasil e no mundo e, neste contexto, é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como um problema de saúde pública. Para prevenir estas situações, existe o Centro de Valorização da Vida (CVV).
Fundado em São Paulo, em 1962, o CVV é uma associação civil sem fins lucrativos, filantrópica, reconhecida como de Utilidade Pública Federal, desde 1973. Presta serviço voluntário e gratuito de apoio emocional e prevenção do suicídio para todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo e anonimato.
Os contatos com o CVV são feitos pelos telefones 188 (24h e sem custo de ligação) ou 141 (nos estados da Bahia, Maranhão, Pará e Paraná), pessoalmente (nos 89 postos de atendimento) ou pelo site www.cvv.org.br, por do meio chat e-mail. Nestes canais, são realizados mais de 2 milhões de atendimentos anuais, por aproximadamente 2.400 voluntários, localizados em 19 estados mais o Distrito Federal. * Top Mídia News.
Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *