Trânsito de Campo Grande registra um acidente com vítima a cada 102 minutos e uma morte a cada 5 dias

Segundo dados do Gabinete de Gestão Integrada de Trânsito (GGIT), nestes quatro meses foram 1.685, média de 14 por dia.
102 minutos. Pouco mais de uma hora e meia. Esse foi o tempo médio que demorou para ocorrer um acidente com vítima no trânsito de Campo Grande entre janeiro a abril de 2019. Segundo dados do Gabinete de Gestão Integrada de Trânsito (GGIT), nestes quatro meses foram 1.685, média de 14 por dia.
Na comparação do primeiro quadrimestre deste ano com o do ano passado, quando foram registrados 1.578 acidentes com vítimas, houve um aumento de 6,78%.
O GGIT também somou os totais de acidentes com vítimas registrados em 2017 e 2018, com os parciais (até abril) de 2019, para calcular quais são as vias mais violentas da cidade.
Nestes 28 meses foram registrados na cidade 12.117 acidentes com vítimas. A via com a maior quantidade de casos foi a avenida Afonso Pena, com 367, 3,02% do total.
Depois aparecem as avenidas: Guairucus, com 358 (2,95%); Duque de Caxias, com 294 (2,42%); Ernesto Geisel, com 271 (2,23%), Das Bandeiras, com 237 (1,95%), Gury Marques, com 201 (1,65%), Prefeito Lúdio Martins Coelho, com 158 (1,30%), Júlio de Castilhos, com 157 (1,29%) e Gunter Hans, com 156 (1,28%).
O GGIT levantou ainda a quantidade de pessoas que morreram em razão de acidentes de trânsito na capital sul-mato-grossense. No acumulado de janeiro a abril de 2019 foram 23. A média nestes 120 dias é de uma morte a cada 5 dias.
Frente ao mesmo período de 2018, quando 25 pessoas morreram no trânsito de Campo Grande, houve neste ano uma redução de 8%.
O gabinete também somou o número total de mortes no trânsito em 2017 e 2018 e a parcial de 2019. O total foi de 180 nestes 28 meses.
As vias que registram a maior quantidade de mortes foram todas avenidas. A campeã deste ranking negativo foi a Guaicurus, com 8 mortes (4,44%). Depois vem: Duque de Caxias, com 7 (3,88%), Cônsul Assaf Trad e Mato Grosso, com 6 (3,33) e Afonso Pena, Nasri Siufi, Gury Marques, Mascarenhas de Moraes e Prefeito Lúdio Martins Coelho, com 4 (2,22%) .
Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *