PF faz operação para desarmar índios que disputam comando de aldeia em Mato Grosso do Sul

São cumpridos três mandados de busca e apreensão em Porto Murtinho e Bodoquena.
A Polícia Federal (PF) faz nesta terça-feira (21) operação para desarmar índios que disputam o comando da aldeia Alves de Barros, em Porto Murtinho, a 443 quilômetros de Campo Grande. O objetivo é cumprir três mandados de busca e apreensão no município e também em Bodoquena.
De acordo com a PF, a operação Paz no Campo é resultado de investigação iniciada em maio de 2018, a pedido do Ministério Público Federal (MPF), que acompanha a ação.
A PF identificou a existência de dois grupos rivais que poderiam entrar em conflito, deixando vítimas decorrentes de atos de violência, inclusive com o uso de armas de fogo.
O objetivo da ação é pacificar a aldeia Alves de Barros. Os materiais apreendidos e eventuais presos em flagrante serão conduzidos à Superintendência da Polícia Federal, em Campo Grande, onde ficarão à disposição da Justiça Federal. * G1 MS.
Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *