Advogado é preso com pistola após cobrar dívida e ameaçar funcionário em usina de Costa Rica

De acordo com a polícia, suspeito apontou arma para vítima, mas foi contido por seguranças. Dívida seria de terras arrendadas para a usina, cujo valor não foi divulgado.
Um advogado de 43 anos foi preso após ameaçar com uma pistola o funcionário de uma usina com a mesma idade dele na tarde desta quarta-feira (10), em Costa Rica.
De acordo com a polícia, o suspeito abordou a vítima quando ela chegava para trabalhar e o motivo das ameças seria a cobrança de uma dívida.
Conforme o delegado Alexandro Mendes Araújo, o advogado chegou ao local muito nervoso e exigia que o funcionário, responsável pela área de contratos de arrendamento, pagasse o valor das terras que ele arrenda para a usina. O valor, que segundo o delegado é expressivo, não foi divulgado.
De acordo com a polícia, o suspeito sacou a pistola Taurus calibre .380 com 10 munições e se preparou para disparar contra o funcionário. Seguranças do local perceberam a ação e foram até o advogado e conseguiu rendê-lo até a chegada da polícia.
Conforme a polícia, o advogado não tinha porte de arma e foi preso em flagrante. Ele pagou fiança de um salário-mínimo e foi liberado na manhã desta quinta-feira (11). O caso foi registrado como porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e ameaça. * G1MS.
Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *