Professores fazem plantão com medo de corte nos salários; prefeitura nega

Apesar da negativa, professores vão acompanhar sessão até o final
Professores da rede municipal de ensino fazem plantão na Câmara Municipal, nesta terça-feira (16), com medo de aprovação de projeto com cortes no salário dos convocados, assim como aconteceu com os profissionais da rede estadual. A prefeitura de Campo Grande nega a existência de projeto semelhante.
Mobilizados após boatos que circulam nas redes sociais, os professores do município se deslocaram até a Casa de Leis para acompanhar a sessão legislativa, que será a última antes do recesso de julho. Eles temem as adequações administrativas anunciadas pela prefeitura ontem (15), juntamente com o adiamento do retorno das aulas.
Líder do prefeito na Câmara, o vereador Chiquinho Telles (PSD) nega a existência de tal ‘pacote de maldades’, que pode resultar em perda salarial. “Nunca teve. As pessoas sofrem por antecipação. É que tem uma eleição que se avizinha e as pessoas tentam desgastar o nome do Marquinhos”, declarou.
Segundo ele, a única coisa que “tem de fato” é o reajuste da contribuição da previdência, que também é paga pelos professores. “Os pedidos de aposentadoria aumentam e quem vai pagar essa conta lá na frente? Nós temos que ter responsabilidade, não pode viver em uma cidade de ilusão”, finalizou. * Top Mídia News.
Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *