Camapuã: Decreto nº 4.540, que reduz salários de Prefeito, Vice-Prefeito, Secretários e comissionados, não está cheirando bem!

Decreto nº 4.540, de 31 de julho de 2019, e publicado no Diário Oficial dos Municípios do Estado, “Assomasul”, com Código Identificador: E7597CBA e que tem a responsabilidade de publicação de Wilson Tadeu Lima “Secretário Jurídico”. Está causando muita apreensão por parte da comunidade Camapuanense, haja visto, que por traz deste benefício para a finança municipal “Receitas e Despesas”, pode estar vindo outro “em brolhe” de proporções maiores.
O Decreto, possui várias considerações em que iremos analisar e demonstrar aos nossos leitores! O Prefeito Delano de Oliveira Huber (PSDB), através desta publicação, reduz em 15% (quinze por cento) os subsídios dos agentes públicos (gestores públicos) “funcionários da população”. Sendo: Prefeito, Vice-Prefeito e (servidores públicos), ou seja, Secretários Municipais e comissionados.
Este Decreto, vigorará pelo prazo de 60 (sessenta) dias, prazo este em que a comunidade acredita que seria bem mais proveitoso até o fim do mandato, ou seja, em “ (31/12/2020) ”.
Mas o que estamos percebendo diante desta bondade, é um futuro encaminhamento à Casa de Lei “Câmara de Vereadores”, de um novo projeto, solicitando a criação de novos Cargos, na estrutura Administrativa do Poder Executivo.
A criação de novos cargos já viria com finalidades específicas que são as famosas acomodações políticas, ou seja, “apadrinhamentos de campanha”.
Conforme já noticiamos em nosso post de 21/06/2019, MPMS, recomenda ao Prefeito de Camapuã, Delano de Oliveira Huber (PSDB), a demitir funcionários contratados indevidamente., sendo assim este projeto viria simplesmente para acomodar funcionários contratados indevidamente e se comenta de “boca em boca” na “Terrinha Natal”, também parentes de chegados.
Destaquems: Informa “Menino Maluquinho” e “Engraçadinho” estão de olho.
Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *