Acusado de abusar de irmãs, Faustão cumpria pena por estupro e roubo de R$ 30 mil

Ele teria agredido a vítima e, após o crime, deixou a casa com o dinheiro
José Maria Rodrigues Pereira, 41 anos, suspeito de estuprar duas adolescentes na Capital, é velho conhecido da polícia e cumpria pena por ter estuprado uma mulher e levar R$ 30 mil da vítima, em Cassilândia.
Conforme a delegada adjunta da DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), Anne Karine Sanches Trevizan, Faustão cumpria pena no regime semiaberto e voltou a cometer o mesmo crime.
“Ele age sempre da mesma maneira, sempre com agressividade, bate, dá socos, tapas, ameaça com faca as vítimas e depois rouba objetos. Desde 1998, ele vem cometendo crimes, sempre da mesma natureza, estupro seguido de roubo”, afirma delegada.
Faustão disse, em depoimento, que viu o portão de uma casa aberto no bairro Jardim Colorado, adentrou e decidiu estuprar uma das adolescentes que estavam no local. “Ele falou que tinha intenção de roubar, mas é mentira, a intenção dele é estuprar. Ele confirmou que estuprou a menina de 16 anos, mas negou que cometeu o crime contra a irmã dela, de 13 anos. O bebê que estava na casa estava com lesão no rosto porque ele bateu no bebê. Ele é um estuprador, ele cometeu o crime para satisfazer a lascívia, foi para o semiaberto em fevereiro deste ano”.
Segundo a delegada, os alvos de Faustão são adolescentes. “Tem casos de mulheres também, mas a maioria são crianças e adolescentes”. A polícia suspeita ainda que existem outras vítimas que ainda não acionaram a polícia. O telefone para quem tiver informações sobre o suspeito é: 67 3323-2500. * Top Mídia News.
Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *