MDB define presidência municipal e revela que lançará 58 candidatos a vereador em Campo Grande

Ulisses Rocha disputa, em chapa única, presidência municipal da legenda
Filiados ao MDB votaram, neste sábado (28), para escolher a presidência municipal do partido. Em chapa única, concorre o atual presidente, Ulisses Rocha, que afirmou a intenção da legenda em lançar, nas eleições do próximo ano, 58 candidatos a vereador de Campo Grande, o máximo possível pelo partido.
Com 15 mil filiados, 400 devem depositar o voto na convenção que acontece no diretório do MDB. Para Ulisses, a chapa única representa que os colegas reconhecem o trabalho dele e preferem não disputar o comando da legenda.
Além de decidir por lançar 58 candidatos a cadeiras na Câmara Municipal, o partido também trabalha para definir quem será o candidato a prefeitura da Capital. Pesquisa interna está sendo feita e ainda não há resultados.
Os nomes de Tania Garib, candidata a vice-governadora nas últimas eleições, Moka, ex-senador, deputado Marcio Fernandes, senadora Simone Tebet e o ex-governador André Puccinelli estão na pesquisa. Outro nome que não foi incluído na pesquisa, mas que já se colocou à disposição do partido para disputa da prefeitura é o vereador Dr. Loester
Ex-candidato a governador de Mato Grosso do Sul, Junior Mochi também participa da convenção, mas descartou qualquer possibilidade de se lançar como candidato em 2020. O ex-deputado já adiantou, contudo, que irá para disputa em 2022, quando serão escolhidos novos deputados estaduais, federais e governador.
 Como já havia adiantado ao Jornal Midiamax em entrevista exclusiva. André Puccinelli reafirmou que não tem interesse em se lançar candidato à prefeitura de Campo Grande. “Eu não quero ser candidato, não existe essa possibilidade”.
O principal nome da legenda também descartou alianças do MDB com outros partidos no ano que vem, a legenda terá candidato próprio a prefeitura de Campo Grande.
Entre os 58 nomes que serão lançados para concorrer a vaga na Câmara Municipal está a ex-vereadora Carla Stephanini e o ex-vereador Jamal Salém, que deve se filiar ao MDB para disputa.
Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *