Confira como vai funcionar o centro de triagem de coronavírus no parque Ayrton Senna

Com equipe de 114 profissionais, centro de triagem tem capacidade de atender 300 pacientes
Um polo de atendimento para receber casos suspeitos de coronavírus é montado no Parque Ayrton Senna, em Campo Grande. O local funciona como um centro de triagem, que vai selecionar os pacientes para o atendimento e, se for necessário, encaminhá-los a hospitais.
O chefe da divisão de extensão, pesquisa e pós-graduação em saúde, Manoel Roberto dos Santos, de 41 anos, é coordenador do polo de atendimento e explicou ao Jornal Midiamax como o local deve funcionar. Segundo ele, o paciente que chega, vai passar por uma triagem e será encaminhado para um dos quatro setores: idoso com febre, idoso sem febre, não idoso com febre e não idoso sem febre.
O primeiro passo da triagem será identificar se o paciente sem febre. Após esta primeira etapa, se a pessoa estiver em estado grave, será encaminhada para a tenda, onde deve ser estabilizada. No caso de um paciente em estado gravíssimo e que não conseguir ser estabilizado, ele será regulado para um hospital em Campo Grande.
O polo de atendimento no parque conta com uma equipe de 37 médicos residentes e 77 médicos multiprofissionais. A capacidade inicial do centro de triagem é de atender 300 pacientes.
O local vai funcionar das 8 horas às 21 horas. Segundo o coordenador, o polo começa a atender na quarta-feira (25), quando termina o treinamento dos profissionais de saúde.
Para quem?
A recomendação é para que pessoas com sintomas leves optem por ficar em casa. Considera-se pessoa com sintomas a apresentação de tosse seca, dor de garganta ou dificuldade respiratória, acompanhada ou não de febre. No Polo de Atendimento, estes pacientes serão triados, atendidos e, havendo a necessidade, serão encaminhados para um hospital.
A coleta de exames só será realizada em casos de SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) hospitalizados ou óbitos por SRAG; Pacientes que se encontram nas UPA e CRS (em vias de internação), ou seja , estão nestas unidades com clinica de SRAG e ainda aguardam vaga hospitalar serão coletados.
Apenas procure os serviços de saúde se realmente precisar. Lembrem-se que ao se deslocar sem necessidade para uma unidade de saúde/hospital você e sua família correm risco de contaminação pelo vírus. * Midiamax.
Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *