Bolsonaro quer trocar diretor da PF e Moro ameaça demissão

Ministros tentam convencer presidente a voltar atrás e impedir saída do ex-juiz
O presidente da República, Jair Bolsonaro, avisou o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, que vai trocar o diretor-geral da Polícia Federal (PF). Atualmente, o cargo é ocupado por Maurício Valeixo.
Moro demonstrou surpresa, segundo interlocutores informaram ao portal G1. Valeixo é um nome de confiança do ministro e respeitado pelos agentes da corporação. Bolsonaro não informou o motivo da substituição. Segundo o G1, o presidente quer um delegado próximo à família Bolsonaro no comando da PF.
Aliados do ministro dizem que ele cogita pedir demissão, conforme a revista Veja. Walter Braga Netto, chefe da Casa Civil, e Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo, estão tentando impedir a saída de Moro e convencer o presidente a não dispensar Valeixo. * Correio do Estado.
Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *