Homem descobre que bebê de 2 meses não é sua filha e mata criança por vingança

Em depoimento, ele confessou que, devido a uma discussão com a esposa, bateu na criança e depois a enforcou
Homem, que não teve a identidade revelada, foi preso acusado de matar uma criança de 2 meses, em Miranda.  Segundo investigação, ele teria cometido o crime por vingança, após descobrir que a vítima não era sua filha. O caso foi divulgado hoje (7).
Segundo informou a Polícia Civil, o caso ocorreu em abril. Na ocasião, ao chegar no hospital, não havia uma causa explícita para o falecimento do bebê, que tinha uma lesão na bochecha do lado esquerdo. À época, o homem disse que o ferimento era resultado de uma brincadeira do irmão, de 3 anos.
Entretanto, o laudo necroscópico concluiu que a vítima morreu em razão de asfixia mecânica, por provável obstrução das vias aéreas superiores. Os investigadores descobriram em seguida que o homem, antes da morte, teria agredido a criança com socos no rosto e nas costas.
Foi realizado o pedido de prisão preventiva e o homem preso. Em depoimento, ele confessou que, devido a uma discussão com a esposa, bateu na criança e depois a enforcou.
Ele descobriu que a mulher havia se relacionado com o irmão dele e que, na verdade, ele não era o pai da criança, e sim seu irmão. * Top Mídia News.
Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *