Na ‘faculdade criminosa’, Bocão já matou por dívida de R$ 10

Ele foi condenado a 8 anos por matar homem na Moreninhas
Lucas de Moraes Charão, 24 anos, executado na madrugada desta quinta-feira (26), no Bairro Moreninha III, era conhecido como ‘Bocão’ e, em um dos perfis do Facebook, dizia ser estudante de “Faculdade Criminosa”.
Lucas já era conhecido da mídia, pois havia cometido assassinato em junho de 2018 e, julgado em setembro de 2019, no Tribunal do Júri, de Campo Grande. Ele foi condenado por matar o pedreiro Edmar da Silva Pinto, 42 anos.
Na ocasião do Júri, conforme denúncia do Ministério Público, Lucas e um adolescente de 17 anos estavam na rua, quando, próximo a uma conveniência, o adolescente passou a cobrar R$ 10 de Edmar de dívida de drogas.
Em determinado momento, Lucas sacou a arma e atirou no pedreiro. Durante o julgamento, ele disse estar arrependido e que atirou, pois se sentiu ameaçado.
Na ocasião, ele foi condenado a 8 anos de prisão em regime semiaberto.
MORTE 
Lucas de Moraes Charão, 24 anos, foi executado na madrugada desta quinta-feira (26), no Bairro Moreninha III, em Campo Grande. Ele teria desentendimento com dupla de irmãos, apontados como suspeitos do crime.
Conforme registro da ocorrência, uma amiga estava em casa e contou que ambos estavam tomando cerveja e conversando, por volta das 1h40.
Minutos depois, ela contou que o suspeito de casaco de capuz, identificado como “Veinho”, invadiu a casa e atirou duas vezes em Lucas.
Ainda aos policiais, a jovem contou que o atirador tentou efetuar mais um disparo, porém a arma teria falhado.
O assassino, então, teria ido embora e voltado em seguida, realizando mais um disparo, sem sucesso.
A testemunha disse que o atirador estava de bicicleta e tinha o irmão, que estava de moto, como comparsa.
Lucas foi socorrido e encaminhado à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro, mas não resistiu aos ferimentos.
Fonte: Top Mídia News.
Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *