Prefeito sofre primeira derrota e não consegue aprovar projetos na câmara de Sonora

O prefeito de Sonora, Enelto Ramos da Silva (MDB), sofreu a primeira derrota na câmara, na noite desta segunda-feira (5), durante sessão ordinária. É que os vereadores reprovaram dois projetos de autoria do poder executivo.
Um dos projetos rejeitado pelos parlamentares é o de número 045/2018, que alterava a lei de estrutura organizacional da prefeitura. O prefeito queria criar a assessoria de comunicação e imprensa, além de alterar o nome de uma gerência.
O outro projeto reprovado era o que regulamentava a derrubada, a poda ou o corte de árvores. Dos 11 vereadores apenas um votou com o chefe do executivo, os outros votaram contra ou se abstiveram.
Ao mesmo tempo em que isso demonstra a independência do poder legislativo de Sonora também mostra a fragilidade da relação de Enelto com os vereadores. Quase todos, em seus discursos durante as sessões, deixam claro que não estão satisfeitos com o rumo da atual administração.
A vereadora Daniela Sousa Viana enfatizou que falta diálogo por parte do prefeito, que não se reúne com os parlamentares e não explica os projetos. Ela emendou que primeiro a prefeitura tem de agir com imparcialidade na questão das árvores, depois mandar projeto regulamentando a derrubada e a poda para a câmara.
Daniela disse em explicações pessoais que existem várias pessoas trabalhando nesse ramo em Sonora, porém, apenas dois ou três são obrigados a pagar alvará. Ela afirmou que já pediu explicações para Enelto, mas ele não deu retorno à vereadora. Segundo Daniela, não faz sentido cobrar lá fora e chegar dentro da câmara e aprovar um projeto. * Ediçãoms.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: