Polícia de MS prende jovem que matou mulher e incendiou corpo na cama dela: ‘Foi para casa dormir depois’

Testemunha diz que vítima e o suspeito tiveram relação sexual e o crime ocorreu em seguida. Jovem alegou que teria agido por vingança.

Um jovem de 23 anos, apontado como autor do assassinato de uma mulher de 54 anos, em um assentamento em Ponta Porã, na região sul do estado, foi preso em ação conjunta das polícias civil e militar. O crime ocorreu nesse domingo (30) e ele foi preso após algumas horas. Na ocasião, o suspeito ainda incendiou o corpo da vítima na cama dela.

“Ele permanece aqui na delegacia e deve ser encaminhado para o presídio ainda hoje. O rapaz foi bem frio quando questionado sobre o crime, tanto que disse que estava muito embriagado e foi para casa dormir depois. A vítima saiu com ele na noite anterior ao crime, foram para duas festas e, em seguida, para a casa dela”, afirmou ao G1 o delegado Eduardo Ferreira, responsável pelas investigações.

Ainda conforme Ferreira, a vítima e o suspeito tiveram relação sexual. “O que consta no inquérito é que ela pediu para ele parar e o homem então deu um golpe fatal de mata leão nela. Na sequência, o acusado foi até o quintal da residência para retirar combustível da caminhonete. Como ele não conseguiu, voltou para casa e colocou fogo apenas no colchão”, explicou.

Informalmente, ainda conforme a polícia, o jovem teria confessado que agiu por vingança, já que a vítima teria reclamado do irmão dele. O caso foi registrado como homicídio qualificado por asfixia. * G1 MS
Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *