Vereador é eleito como ‘sargento’, mas Justiça manda voltar a ser soldado

Adriano é vereador em Três Lagoas e se candidatou com o nome de Sargento Rodrigues
Uma decisão liminar do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul anulou a promoção à graduação de primeiro sargento da Polícia Militar de Adriano César Rodrigues, que agora volta a ser soldado. A portaria, assinada pelo comandante da PM, Waldir Ribeiro Acosta, foi publicada no Diário Oficial do Estado.
De acordo com o JP News, Adriano é vereador em Três Lagoas e se candidatou como “Sargento Rodrigues”, nome pelo qual é conhecido na cidade. O parlamentar, no entanto, minimizou a questão e destacou que se trata de decisão liminar e o mérito ainda será julgado. Ele espera pelo resultado do recurso, que deve sair nos próximos dias.
O militar explicou que o caso tramita na Justiça desde 2005, quando entrou na polícia através de decisão judicial, já que havia sido aprovado no concurso público em 2002, porém o governo não chamou os aprovados e, posteriormente, abriu um novo certame sem chamar os que esperavam pela convocação. Cerca de 300 policiais no Estado estão na mesma situação.
Rodrigues disse que espera recuperar a antiga patente via decisão judicial, caso contrário, tentará reverter administrativamente, permanecendo como terceiro sargento. Após ser eleito vereador, ele se aposentou com remuneração proporcional.
Quanto ao nome que utilizou na disputa pela eleição, disse que pensou em manter apenas o sobrenome, ou manter sargento Rodrigues mesmo. Entretanto, acredita que não será necessário e está confiante na decisão da Justiça. * Top Mídia News.
Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *