Peão é preso por estuprar enteada em Sonora

A Justiça vai ouvir a mãe e a criança que atualmente residem em outro estado
Um peão de 28 anos foi preso em Sonora, após estuprar a enteada de 11 anos em uma fazenda. O caso veio à tona quando a menina começou a chorar na escola, enquanto os estudantes cantavam o hino nacional.
A diretora conversou com a criança, que relatou que era abusada pelo padrasto. A mãe, de 32 anos, foi chamada na escola, tomou conhecimento dos fatos, mas não tomou nenhuma atitude.
Segundo a criança, os abusos aconteciam três vezes por semana, quando a mãe saia para trabalhar. O suspeito mandava os irmãos da vítima irem brincar no quintal e levava a criança para o quarto.
Ele ameaçava matar todos os familiares, caso a menina realizasse a denúncia. A mãe tinha conhecimento dos abusos.
Ao ser abordado pela polícia, o suspeito mentiu a identidade. Na fazenda, os policias encontraram quatro espingardas, frascos de pólvora e várias munições. Ele não tem o registro das armas.
De acordo com o processo, o caso aconteceu no ano de 2019 e tanto a criança, como a genitora serão ouvidas nos próximos dias.  As duas residem atualmente no estado da Bahia.
Fonte: topmidianews.
Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *